quarta-feira, 11 de junho de 2008

SIN guantes, NO way!

Você verá agora cinco fotos diferentes. Todas são daqui do Japão. Observe bem cada uma delas e tente identificar o que há de semelhante entre elas.

FOTO 1

FOTO 2

FOTO 3

FOTO 4

FOTO 5

Acertou quem respondeu "as luvas brancas". Essas luvas brancas, chamadas em japonês de "gunte"(軍手) são, de acordo com a definição do dicionário, "luvas feitas de fios grossos de algodão para serem utilizadas em trabalhos". E olha que os japoneses levam a definição a sério! Qualquer transplante de muda no canteirinho dos fundos de casa ou mesmo uma arrumação naquela estante entupida de livros já é motivo suficiente para os caras botarem as benditas luvas brancas. Sem a luva, parece que ninguém conseguem arrumar nada! É impressionante. Não estou questionando a questão da higiene, da praticidade ou do simples costume em si de botar luvas só para arrumar, mas confesso que acho engraçado essa quase que dependência. Lembro que no ano passado, quando a minha empresa estava para mudar de endereço, nós devíamos arrumar as nossas coisas e colocá-las em caixas com o nosso nome.
No dia da arrumação, chegamos no trabalho e encontramos em cada mesa, uma caixa grande de papelão desarmada, uma etiqueta e um par dessas luvinhas. Novinhas em folha! Em todas as mesas, o mesmo "kit arrumação": caixa, etiqueta e luvas. O mais engraçado foi a reação de um colega japonês ao ver que eu estava arrumando as minhas coisas sem essa de luvinha branca!
Achei muito simpático ele se preocupar comigo, mas ao mesmo tempo, achei engraçadíssima a cara que ele fez quando me viu sem luvas. Acho que na cabeça dele, era como se eu estivesse limpando um esgoto com as próprias mãos. Mas depois eu entendi qual era a dele. Talvez aquela era a primeira vez que ele tinha visto alguém fazer uma arrumação de peso, sem usar luvas especiais. Tudo bem, ajuda, protege e tudo mais. Mas me senti uma penélope quando comecei a arrumar tudo, usando a tal luva. Além do mais era para pegar nos meus dicionários e coisas pessoais! Fico imaginando as pessoas no Brasil que sempre mexeram com plantas, cuidam de hortas e vivem trocando as plantas para vasos maiores com as próprias mãos... será que elas sentem falta de uma luva dessas? O que elas diriam ao ver os japoneses com luvas no jardim?Meu avô, se fosse vivo, tenho quase certeza que diria: "Que mané luva!" Mas aqui é fato. Arrumou, mexeu com terra ou com lixo, não esqueça as luvas! Se rolar um mutirão de limpeza, podes crer que vão distribuir luvinhas brancas! Pode faltar vassoura, mas luvinha não vai faltar!

Mas atenção, não façam como eu que, quando cheguei ao Japão, comprei um par dessas luvas no 1,99 daqui e saí desfilando feliz da vida pelas ruas. Além de vagaba em relação às normais, todos – menos eu – sabiam que aquilo não era luva para se usar quando não se está arrumando, mexendo no lixo ou fazendo faxina!! E eu lá, amarradão com elas, em público! Acho que mal comparando, é mais ou menos como alguém sair na rua com uma toca de banho e achar que está usando uma simples boina.

Existe outras cores e modelos dessas luvas, mas me parece que as brancas são paixão nacional. A palavra de hoje pode ser "luva", em japonês se escreve com os ideogramas de "mão" (手) e "saco"(袋). Juntos, 手袋 formam a palavra "tebukuro". Diga-se de passagem, 軍手 (gunte) tem sua origem na palavra 軍用手袋 (gunyoo tebukuro), ou seja, "luvas para uso do exército" e eram usadas pelo antigo exército japonês!

5 comentários:

Leandro Zaha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Sinceramente, achava que você não tinha pagado muitos micos aqui!
E este foi engraçado!

Caruso disse...

PARA LEANDRO,
Foi exatamente o que eu pensei. Entendo perfeitamente...rs

Caruso disse...

PARA ANONIMO,
Engano seu...rs...ja passei por poucas e boas tbm. Mas e errando que se aprende, nao e mesmo? Obrigado pela visita! Volte quando quiser.

Veruzka disse...

auhuau, valeu pela dica, me poupou de mais um mico aqui, hehehe!=D Isso me lembrou eu em NY, fui usar uma blusa termica q eles usam so por baixo da roupa, como se fosse roupa de sair! Dai, dentro de uma loja tirei o casaco pesado, pois fazia calor! Quando minha tia viu e disse q aquilo era roupa de baixo, era como usar camisola na rua, tive q aturar o calor c/ o casaco pesado, p/ evitar o mico, hauhauh mas ca entre nos, japones no BR tb, eh um mico ambulante ne? hehehe