terça-feira, 24 de junho de 2008

Mas eu te disse! .. eu te disse!

“Toorima”. Estão lembrados dessa palavra? Sim. É a mesma palavra que apareceu aqui mesmo no Muito Japão, no post Em Plena Luz do Dia, sobre o louco assassino de Akihabara. A palavra está no dicionário de japonês. 通り魔 (toorima) quer dizer: “pervertido que passa ferindo ou matando pessoas pelas ruas”. O caso de Akihabara ganhou repercussão mundial e muita gente ficou indignada e ao mesmo tempo surpresa. Como isso pôde acontecer no Japão? Mas como eu havia dito, e a companheira de blog Bruna Siqueira também relatou brilhantemente no seu blog Panorama Nihon do Globo On Line, isso não é novidade para quem mora aqui no Japão.
Esta semana mesmo. Isso mesmo!! Provavelmente você que mora fora do Japão – e não assina a NHK – não deve estar sabendo, mas aconteceu um caso semelhante esta semana!! Para ser mais preciso, foi no dia 22, domingo!! Desta vez não foi em nenhum lugar frequentado por turistas. Talvez por isso não tenha chamado tanto a atenção da mídia estrangeira, como o caso do maluco de Akihabara. E desta vez não foi um maluco. Foi umA malucA!! Esta é a imagem capturada pelas câmeras de segurança.
Kazuka Oyama, de 38 anos, saiu cortando gente pela estação de trem de Osaka. Ela feriu três outras mulheres, entre elas, uma universitária de 20 anos. Isso foi por volta das 13h! Em pleno domingão!! Os investigadores acreditam que ela tenha feito isso por ter ficado “p”, depois de ter tido o braço preso na porta do trem ao tentar embarcar. Nada mais justo não acham? Tentou embarcar? Não conseguiu ou ficou preso na porta? Saia do trem metendo a faca em que aparecer na sua frente!
Tão chocantes quanto os crimes em si, são as declarações dos assassinos. Bom, essa pela menos não usou o chavão “Eu queria matar. Podia ser qualquer um”. Os caras adoram essa frase! A doida-varrida-assassina já foi presa - diga-se de passagem, um dia depois - , mas ela nega o crime. Outra coisa de diferente que eu notei é que não teve aquele tipo de depoimento de vizinho ou do diretor da escola que sempre dizem: "Parecia um rapaz doce" ou "Sempre foi um aluno aplicado". Desta vez, a vizinha soltou o verbo e declarou: "Ela sempre foi meio esquisita". Até que enfim um discurso diferente.
Quem quiser praticar um pouco de japonês, pode ler a notícia que foi publicada no site da TBS! A palavra de hoje pode ser "câmera de segurança". Em japonês claro se diz 防犯カメラ (boohan kamera).
大阪駅の通り魔事件、38歳の女逮捕 
JR大阪駅で起きた通り魔事件で、38歳の女が逮捕されました。事件前、電車のドアに挟まれたことに腹を立て犯行に及んだ可能性もあるということです。 黒い帽子、黒い服の女。この防犯カメラの映像が公開されると、およそ60件の情報が警察に寄せられました。そして、浮上したのが神戸市の無職、大山和歌容疑者です。JR大阪駅で女性3人を切りつけたとして、傷害の疑いで23日夜、逮捕されました。 「ちょっと変わった人ではありましたけどね。アパートの階段が狭いので普段は上か下で待ちますよね。でも大山容疑者は、私がのぼりかけてても突っ込んで来るような人」(大山容疑者の近所の人) 大山容疑者は、犯行の直後、大阪駅から4つ離れた弁天町駅で、駅員に「明石駅から大阪駅までの電車内で扉に腕を挟まれた。どないしてくれんねん」とクレームをつけていたということです。 調べに対し大山容疑者は、「やっていない。考えさせてください」などと話していますが、警察はドアに挟まれたことに腹を立て犯行に及んだ可能性もあると見て調べています。

10 comentários:

Fernando disse...

Bem pelo menos essa não matou ninguém! Mas realmente aqui no Brasil não apareceu nada não. Eu fiquei sabendo porque leio o Asahi Shinbun. Ainda bem que pegaram ela antes dela planejar e realmente matar alguém.

bruNÊRA disse...

por coincidencia ontem assisti ao filme "naking" sobre a ocupação japonesas a cidade de naking durante a 2ªgrande guerra, fique muito perturbado com as barbaridades cometidas pelos japoneses mas penssei, "toda guerra é assim", dai hj leio uma noticia dessas, to ficando assustado rsrsrs...

Caruso disse...

PARA FERNANDO,
Tem razao, ainda bem que ela nao chegou a matar ninguem. Que interessante que vc le Asahi no Brasil. Voce ja reparou que no jornal a gente encontra muita coisas Muito Japao? Obrigado pela visita. Volte sempre!

Caruso disse...

PARA BRUNERA,
Pois e, nao quero julgar ninguem, mas acho que posso dizer, ao menos, que ninguem e santo, nem os japoneses...

Fernando disse...

Caruso,

Concordo com você no Asahi eu leio várias coisa que acabando lendo no seu blog depois e vice-versa. Mas como meu nível de japonês ainda é fraquinho só leio a tradução em inglês por enquanto. Se você puder me indicar mais algum jornal do japão em inglês eu agradeço.

Ah, eu visito faz um bom tempo seu blog, mas só agora que comecei a comentar! Adoro os posts sobre produtos 期間限定.

Abraços e parabéns pelo blog.

Anônimo disse...

Amigo,

Obrigada pela frase "relatou brilhantemente no blog Panorama Nihon". kkkkk! Mas eu nem sabia dessa louca de Osaka! Que medo, meu Deus!
Bjossssssss

Bruna

bruNÊRA disse...

concordo com vc, ninguem é santo.. mas como sempre tive uma admiração especial pelo povo e pela cultura japonesa, acabei meio que tapando os olhos para essas coisas...

Yukio disse...

Olá Brunera, Caruso e amigos,
ao assistir ao filme sobre o episódio de Nanking vocês devem ficar tão chocados quanto ao assistir a um "Sexta-feira 13". Ambos são obras de ficção!

O tal "massacre" de Nanking, na verdade, nunca existiu. Se você ler Mao - a história desconhecidada, de Jung Chang e Jon Halliday, aprenderá que este factóide não passa de outro fakes inventados por Mao Zedong com dois motivos:
- fomentar o ódio anti-japonês na China;
- encobrir suas próprias matanças na Guerra Civil Chinesa.

Existe ainda um jornalista norte-americano chamado Mike Honda, que tem relações com o PCC (Partido Comunista Chinês) e escreveu um livro repleto de inverdades históricas. Não acreditem nestas peças de propaganda anti-japonesa.

Bruner disse...

Yukio,

Não saia desse fato, vou procurar esse livro para me inteirar mais sobre o asunto, mas como o filme é uma produção americana não pessei que pudesse haver algum interesse de difamar o japão, de qualquer forma e bom eu pesquisar um pouco mais,

ate +

ma disse...

ha! bem que eu queria ler essa materia. mas estou começando a aprender o kanjis. o unico que eu realmente sei são os kanjis de densha! uahuaha
Um dia eu chego lá... hauhau