sábado, 13 de outubro de 2007

Proibido Descer para Baixo

Já comentei aqui sobre as placas do Japão. (clique aqui, se você não viu). Tenho a impressão que os japoneses adoram uma placa. Não sei explicar ao certo o que elas têm de tão interessante, mas confesso que sinto que há sim uma certa particularidade em muitas placas que vejo por aqui pelas ruas. Como eu havia dito, não sei se são engraçadas por serem óbvias demais ou por eu nunca ter visto ou lembrar de ter visto algo semelhante em português. Algumas são do tipo “Dã! Não me diga!”? Veja esta que encontrei na roleta (“catraca” para os companheiros paulistas) do trem:
“Não estamos aceitando que passe direto pela roleta sem pagar”. Não. Por favor, me diga que não é implicância minha. Você já viu alguma estação de trem que aceite que se passe direto sem pagar!? Na primeira vez que vi essa placa, imaginei ver algo do tipo em português. Algo assim: “Por favor, ao pegar alguma mercadoria deste supermercado, favor não sair sem pagar. A Gerência.”. Fala sério!
Tem essa outra placa que eu vi recentemente. Não. Essa eu quero crer que foi feita antes da máquina de bebidas ser colocada bem debaixo da placa. Mesmo assim, eu, chato que sou, confesso, acho que a placa deveria ser trocada, emendada, rasurada...qualquer coisa. Porque ficou engraçado demais.
“A entrada do elevador é do lado oposto”. Acho que deveria continuar: “favor não tentar entrar atrás da máquina debebidas, pois a porta fica do outro lado, meu (minha) senhor(a)!”
E o que me diz desta outra que, logo na entrada da estação de trem, gentilmente, alerta o passageiro para o “perigo” da pressão do vento causada pela chegada ou saída dos trens.
Pelo amor de Buda, uma estação destas deveria se chamar “Twister” ou ter como música ambiente o tema de “E o vento levou”. Ou deveriam fazer um cartaz, digamos, mais convincente. Eu sugeriria algo assim:
Por isso ainda acho que eles fazem isso para se livrar de qualquer responsabilidade, se algo de errado acontecer. Só pode ser... A palavra de hoje é 改札口 (kaisatsuguchi). Em português, roleta (“catraca” para os companheiros paulistas).

17 comentários:

Leandro Zaha disse...

Muito bom seu blog! Adoro o Japão.

Paulo disse...

Ola, Parabens pelo seu blog, descobri a pouco tempo ele, e ja le td :P! Tenho mt vontade de conhecer o japão, e as curiosidades q vcs traz são mt interessantes! abraço!

César Augusto disse...

cara... me divirto cada vez mais por aqui... parabens pelo blog... me animou a comecar um tambem... grande abraco...

Bianca disse...

oie!
Sou sua leitora fiel desde o post sobre a coletiva da Erika. Gosto muito do que vc escreve! Acho engracado! E talvez por jah estar morando no Japao por tanto tempo e tb por ser descendente algumas coisas passam despercebidas.
Sobre o seu post, eh exatamente o que vc falou, eles colocam essas placas para se livrarem da responsabilidade. Uma vez aconteceu aqui no Japao que uma mulher queria secar o seu gatinho, ela nao viu mal nenhum seca-lo no microondas. Ai, ela processou a marca do microondas porque nao dizia nas instrucoes que nao se podia colocar o gato la dentro. =P

Para o alto e avante! disse...

gostei da placa do elevador... Ha coisas inexplicaveis no Japao nao? eheheh

Para o alto e avante!

JaCksoN disse...

cara descobri seu blog a pouco tempo e estou adorando, sempre tive curiosidade de conhecer um pouco mais sobre esse pais que eu admiro tanto, os seus textos alem de informativos sao muito engraçados, e boa sorte ai no Japão.

Sildelane V. M. disse...

^To sem palavras só pude ri muito com essas placas XDDD

karuzo disse...

PARA LEANDRO ZAHA,
Puxa, fico feliz que tenha gostado. espero que volte mais vezes.

カルゾ disse...

PARA PAULO,
Fico feliz com comentários como o seu tbm. Volte mais vezes para saber mais coisas do Japão e, quem sabe um dia, poder vê-las de perto...nunca se sabe.

karuzo disse...

PARA CÉSAR AUGUSTO,
Legal saber disso! Volte qdo quiser. Assim que eu acabar de responder aqui, vou dar um pulo no seu blog. Estamos aí, qq coisa...um abração.

karuzo disse...

PARA BIANCA,
Sei exatamente do que está falando qto as coisas que nos passam desapercebidas qdo já estamos acostumados ao país. Mas é justamente aí que eu procuro pensar e escrever como e para brasileiro, entende? Mas essa história do microondas parece até piada né não? Bom, espero que continue visitando o Muito Japão! Volte qdo quiser.

karuzo disse...

PARA EWERTHON,

Eu achei o máximo tbm! Na hora que vi, pensei..."ih! post novo!" (risos).

karuzo disse...

PARA JACKSON,
Obrigado pelos elogios. Eles só me fazem continuar a escrever mais e mais. Valeu mesmo. Volte sempre!

karuzo disse...

PARA SILDELANE,
(risos) e quem te disse que eu não ri na hora em que eu vi estas placas? Fala sério né não?! Valeu pela visita...mais um vez! Acho que para vc nem preciso dizer para voltar qdo quiser né?!

Seiji disse...

Legal o blog meu veio !!! Tambem estou aqui no japao e essas coisas me fazem dar risadas vaaaarias vezes !!! Sobre as placas o pensamento japones eh: "eh melhor prevenir do que remediar" :-) !!!

abrax

Tati disse...

Parabéns pelo blog! Quando eu for pro Japão já vou "estar por dentro" em alguns detalhes. Hehehehe.
Btw, morri de rir com a sua idéia para a "continuação" do texto da placa do elevador.

Vania disse...

Olá!!
Nooossaaaa... cada placa hein, fala sério!!!!
É cada coisa que a gente descobre...rss Hilário!!!
Como nossa cultura (brasileira) é diferente da japonesa! Muito interessante seu post!
Bjo