terça-feira, 16 de outubro de 2007

Contenha-se

Lembro que cada vez que eu comprava uma camisa nova, minha mãe me dizia que eu precisava era de ter um contêiner para guardá-las. O que antes eu apenas encarava como uma simples hipérbole – uma expressão de puro exagero – descobri que aqui no Japão tem gente que faz isso mesmo !
Calma, quem exagerou agora fui eu. O fato é que há centenas de empresas que oferecem aluguel de contêiner para simples mortais colocarem o que quiser lá dentro. São contêiners de verdade que funcionam como verdadeiros porta-quinquilharias de Itu! Não é o máximo?! O mais impressionante é que estes contêiners estão no meio da cidade!
Digo isso porque até hoje, para mim, contêiner era coisa de cais do porto...
... ou no máximo trem de carga.
Ah! Em aeroporto, também via muito.
Já viajei nas idéias e imaginei uma situação do tipo. Um cara está procurando a estação de metrô mais próxima e pára um nipotiozinho na rua para perguntar, ao que ele te diz: “Está vendo aquele cointêiner ali? A estação é do lado...”. Já pensou que loucura! Em plena cidade! Contêiner! Você está entendendo!?
Claro, todo mundo sabe que espaço aqui no Japão é tão disputado quanto ovo em promoção-relâmpago. Vendo por este ângulo, fica mais fácil de aceitar a idéia de se alugar um contêiner para guardar coisas que poderiam muito bem estar acomodadas em casa, na garagem, no porão... Mas não deixa de ser uma coisa curiosa. Na primeira vez que eu me deparei com um contêiner desse, eu tive a sensação de que a qualquer momento um navio iria atracar...
O diferencial das empresas que oferecem este tipo de serviço está, claro, na capacidade de o contêiner comportar coisas. Mas outros aspectos também parecem ser importantes. Já passei por uma com cartazes que diziam coisas como: “Você pode entrar e sair a qualquer hora”, “Câmeras monitorando 24 horas” , "Espaço para parar o carro na frente para descarregar" e por aí vai.
O preço do aluguel também varia muito de empresa para empresa e do tamanho do contêiner. Neste da foto, por exemplo, diz que o preço é a partir de ¥7.875 por mês, podendo variar de acordo com a tabela logo abaixo.
Talvez seja mais fácil pensar que se está alugando um "galpãozinho" ou um "minidepósito". Alguns realmente nem têm muita cara de contêiner...
Ficamos então com a palavra em japonês de hoje, aliás, as palavras que são usadas para este tipo contêiner. Além de コンテナー(kontenaa) , a palavra 収納ボックス(shuunoo bokkusu) , também serve nestes casos.

É isso aí! Até a próxima!

6 comentários:

Alexandre C disse...

no Brasil é o famoso, quartinho da bagunça. Imagina eu falar meu contêiner da bagunça ! UAL !!

Só faltou um detalhe - queria ver um dentro. De repente dá para guardar os livros que você deixou no Brasil ocupando espaço.

Beijos.
Your Brother.

César Augusto disse...

vou alugar um para guardar os bons textos que vejo por aqui... imprimir tudo e botar la... gosto cada vez mais do blog... abraco...

Solange Ayres disse...

Cada pais com suas loucas manias. Mas nao é à toa que a gente diz que tudo no japao é pequenininho? As casas, os apErtamentos, entao onde colocar as tralhas? Claro, boa idéia, num container. Aquí na Alemanha tem o famoso "Keller", isto é um andar abaixo, tipo porao. A idéia é a mesma, sem ter que pagar aluguel. Voce pode conferir se seus bagulhos estao la todos os dias,rara!!

Karina Almeida disse...

esses conteiners aih devem ser maiores do que a minha casa! hihihihi...

eu que moro num apErtamento entendo bem o que eh falta de espaco!

aqui no japao, deve ser mais barato morar num apErtamento que nem o meu e alugar um conteiner do que alugar um apto maior ne.

esses japoneses! pensam em tudo!!

Paulo disse...

Hahahaha! Eu montei um escritório dentro de um desses há uns 3 anos atrás! Começou como local para guardar coisas que não cabiam no apErtamento novo, mas que eu não queria me desfazer. Acabou que eu precisava de alguma coisa e tinha que ir lá no contêiner buscar, por fim levei uma mesinha e uma cadeira, e fazia o que precisava por lá mesmo. Meio bizarro, mas me foi muito útil até conseguir mudar para um local maior.
Abraços!

Sildelane V. M. disse...

Eu acho que se está num contêiner é pra ficar guardado, logo não se está usando..então pra que guardar, melhor dar, vender ou sei la..mania do povo guardar quinquilharia ¬¬ isso tem uma palavra desperdicio isso sim q feio hein ><