sábado, 16 de fevereiro de 2008

Em caso de emergência, não se apavore e, ignore os ideogramas!

Hoje fui a uma estação de metrô que eu nunca tinha ido. Na plataforma, vi esse interfone para chamar o funcionário do metrô em caso de emergência. Achei o design bem moderninho, mas o que mais me chamou a atenção foi justamente o texto escrito nele. Em cima, estava escrito 駅係員よびだしインターホン (eki kakari in yobidashi intaahon), ou seja, "interfone para chamar o funcionário". Mas ainda não é disso que eu estou falando.

Na parte superior do interfone o texto é mais ou menos assim: Em caso de emergência ou tenha visto algo suspeito, aperte o botão do interfone e fale com o funcionário do metrô.

Mas ainda não é isso. O mais interessante é que na parte inferior, o texto está assim...

きんきゅうにごようのかたまたはふしんなものをみつけたときは、よびだしボタンをおしてえきかかりいんとインターホンで おはなしください。

Ou seja: "Em caso de emergência ou tenha visto algo suspeito, aperte o botão do interfone e fale com o funcionário do metrô". Isso mesmo!! O conteúdo dos dois textos é exatamente igual! Mas por que eles escreveriam o mesmo texto duas vezes, uma em cima e outra embaixo?? Sim, os textos são exatamente iguais, exceto por um detalhe: na parte mais baixa, não foi usado nenhum ideograma!! Isso mesmo! O texto é o mesmo mas escrito de duas maneiras diferentes! Não posso afirmar categoricamente, mas tudo indica que o texto debaixo tenha sido feito especialmente para as crianças. (Embora, acredito que, eventualmente, alguns estrangeiros também façam uso). Além de estar numa altura em que as crianças podem ler facilmente, foram usados no texto dois dos três alfabetos usados na língua japonesa, os mais fáceis e os que os minijaspions aprendem primeiro na escola. Alguns ideogramas são mais difíceis para elas e, por isso, só na parte mais alta eles foram usados! Muito Japão! Gostei muito. OK. Ficamos então com a palavra em japonês de hoje. Vou escrevê-la em todos os alfabetos e por último com letras romanas para dar uma idéia do que é escrever a mesma coisa em maneiras diferentes.

Ah, sim! O significado é "emergência". Até a próxima!

9 comentários:

Roberto disse...

Ola.
Parabéns pelo Blog. Eu comecei a me aventurar em escrever algo.
Veja o meu blog-teste:
http://falandodejapao.blogspot.com/

Não tem foto, não tem nada.
Mas é um teste.

Abraços

Roger disse...

Muito interessante este lance de facilitar para as crianças informar qualquer emergência. Mas ja lhe incomodando, saberia me dizer como funciona o contato com serviços de emergência no japão ? Por exemplo nos EUA tem o famoso 911, ja no Brasil é um telefone diferente para cada emergência dificultanto tudo.. Saberia dizer como é no Japão ? E uma ultima pergunta.. no Brasil até a pouco tempo atrás "site de relacinamento" eram sites como parperfeito e tantos outros onde o principal objetivo era namoro e afins. Com o tempo surgiram orkut e tantos outros cujo objetivo é aproximar as pessoas em todos so níveis, desde amizade até comunidades de interesse e profisional. Infelizmente este sites também são conhecidos como sites de relacionamento. Assim se numa busca se colocar "relationship" ou qualquer outra palavra relacionada a relacionamento aparecem todos os tipos de sites, inclusive orkut. No caso do japão o exemplo mais adequado neste caso seria o mixi ( do qual inclusive ja faço parte ), a pergunta é, vc conheceria algum site no japão, tipo um parperfeito da vida onde o objetivo fosse namoro mesmo ? Ao buscar sinceramente só encontrei de comunidade como o mixi ou tipo nakoudo, uma agência paga para caasmentos arranjados.. agradeço qualquer informação que tenha desde já. Doumo arigatou gozaimasu.

Xande disse...

Pergunto, em uma emergência o estrangeiro vai conseguir ler o texto todo? Aliás se não é o seu post eu, sinceramente não vi que estava repetido. Preciso estudar mais.

Bjs.
Seu mano.

Shigueko disse...

Como os japoneses pensam em tudo, neh? Muito bacana!!

ps: Voltei a estudar japones (pela internet) entao vou conferir com mais frequencia o seu blog "que eh muito japao" e tem tudo a ver, neh?

Beijinhos

RMax disse...

Eu vi isso na Ginza sen esses dias e achei engraçadíssimo. Daí, eu me lembrei de um filme, um doc, que o cara fica mostrando pra câmera como a empresa dele fez bacana em colocar um interfone na estação super perigosa do metrô onde ela se localiza. O cara apertava e dizia pra reportagem que uma segurança iria atender. Apertava, apertava... e nada. Foi bizarro. Fiquei com vontade de apertar na Ginza-sen pra ver se rolava. Depois, eu pensei: aqui é Japão, tudo funciona!

rebeldes disse...

Para minha primeira visita, fiquei muito impressionado! Parabéns, vou voltar muito mais vezes. E porque será que não escrevem em outros idiomas?

César disse...

Me senti pior que uma criança agora... Mal consigo ler o hiragana, hehehe. Abraços!

Kazu disse...

muito legal mesmo!

Raquel disse...

Eu com certeza ia usar o texto em hiragana. Não só porque não sei ler kanji direito mas também porque sou minigaijin.