sexta-feira, 31 de agosto de 2007

O enigma do elevador

Ontem estive em um dos prédios mais altos daqui do Japão. Digo "um dos" porque o mais alto fica em Yokohama. É o Yokohama Landmark Tower com 70 andares, construído em 1993. O prédio que eu fui chama-se Mori Tower e fica em Roppongi, bem dentro do complexo do Roppongi Hills.
Fui a uma exposição de moda com estilistas e designers japoneses e brasileiros. Mas mais do que a exposição em si, o elevador me impressionou muito. Logo na subida, aquele piso aceso e que ia mudando gradativamente a coloração conforme subia, me chamou a atenção. Isso sem falar no luxo das paredes e o painel onde os botões com duas casas decimais eram a maioria.
Na hora de ir embora, eu estava na fila do elevador, que por sinal estava "quilométrica", aguardando a minha vez. A fila paralela, estava do mesmo tamanho. Foi quando o elevador "deles" chegou e a fila começou a andar. Foi entrando gente, entrando gente, entrando gente...
Minha afliação foi tanta, que resolvi checar com a controladora da "nossa" fila. "Quantas pessoas cabem nesse elevador?", perguntei. Ela foi precisa. Vinte e duas pessoas. Fiquei admirado sim, mas não vi nada de extraordinário, visto que eu estava no quadragésimo nono andar de um prédio moderníssimo com 54 andares ao todo e no Japão!!
Mas quando vi o que eu vi, primeiro fiquei sem entender, mas aí sim eu fiquei es-tu-pe-fa-to. Explico. Quando eu vi que a porta do elevador fechou com aquele tanto de gente, eu perguntei a mocinha sobre a lotação. Mas foi só eu botar o ponto de interrogação na minha frase que a porta do elevador "deles" se abriu de novo. E pasmem! Sem uma alma penada!!!!
O elevador estava clean ! Vazio! Conjunto Vazio! Nadie! Nobody! Como isso, se não levou nem 10 segundos?! Aquilo foi pior que David Copperfield!! Olhei para a japonesa que estava atrás de mim, e ela estava igualmente embasbacada e com os olhos do mesmo tamanho dos meus! O "nosso" elevador chegou e, mesmo sem a resposta do enigma, eu fui entrando. Aos poucos foi enchendo, enchendo, até que fechou a porta. Aquela cena não saia da minha cabeça. E comecei a delirar.... ....será que é aquele elevador do filme!! É, aquele que anda de lado!! Só pode ser!! "Vai pro meu blog hoje mesmo quando eu chegar em casa!", pensei. De repente, na tela de cristal líquido no alto da porta, a resposta do enigma apareceu!! "O elevador debaixo está em funcionamento", dizia em inglês. Em japonês, a frase parecia mais clara, informando que havia gente entrando ou saindo do elevador debaixo. Era isso!! São dois elevadores em uma mesma coluna! E digo mais! Chegando em casa fui pesquisar sobre o tal "elevador duplex" e descobri que se trata de um elevador Super Double Deck, ou seja, um elevador de dois andares mesmo!! Segundo a entrevista que li, o elevador fabricado pela Otis Japan, agiliza em 1.8 vezes o fluxo de pessoas. Só nesse Mori Tower há 67 elevadores, sendo 37 elevadores com esta tecnologia!! Agora pasmem ao quadrado! O texto tem a petulância de dizer que o tal elevador não é nenhuma novidade! O primeiro elevador de dois andares foi instalado no Japão em 1972 (eu nem era nascido) !! É mole?! Bom mas o elvador do Mori Tower não perde seu glamour por isso. Este elevador que eu fui é o primeiro do mundo capaz de separar um elevador do outro. Assim, enquanto uma parte está parada em um andar, a outra pode parar no andar debaixo e "pegar passageiros" também. O único incômodo é que mesmo você estando sozinho no elevador, ele pára no andar que você não apertou. Mas é só ter um pouco de sentimento fraterno e lembrar que pode ser o vizinho de cima que está saindo ou entrando no elevador. A palavra em japonês de hoje não poderia ser outra, エレベーター (erebeetaa). Em português claro, "elevador."

5 comentários:

Para o alto e avante! disse...

Nossa Caruso! Muito legal! Muito Japao mesmo!
Alias, vc deve fazer uma visita ao meu blog! Tem uma surpresa por la!

Alexandre disse...

Amazing!!!

Kazu disse...

Muito legal! Fui uma vez pro Roppongi Hills mas so fiquei do lado de fora... Se soubesse que tinha esse sistema, ia la so pra bater umas fotos!

Luiz Guilherme disse...

A palavra de hoje, em japonês, poderia ser outra: sugoiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

rs

Anônimo disse...

necessario verificar:)